Sábado, 22 de Setembro de 2007

Para a fotografia

Há quem viva para a fotografia! É fotogénico, dirão uns, chico esperto, dirão outros! O certo é que sabem aproveitar o momento. E a fotografia é isso mesmo, basta um click, um flash e pronto, regista-se uma imagem fugaz que até pode ser o contrário do que aconteceu  até aquele momento! Não disse nada, mas num segundo falou! Não sabe do que se trata, mas atirou uma opinião ao ar!

Infelizmente há quem não se interesse pelo cada um faz ou diz, não importa se trabalhou muito ou pouco, o que importa é se fica bem na fotografia!

Infelizmente, e de forma por vezes eficaz, há quem aproveite este lado supérfluo e aparente da vida para mostrar serviço! Seja diante do chefe da empresa ou perante o professor da escola; no parlamento regional ou numa entrevista, procura fazer figura! Mostra uma segurança que não possui, fala de assuntos que desconhece e atira um argumento que não sabe defender, mas que impressiona! Porque o importante é impressionar!

Para a fotografia! E já agora, como certos profissionais da comunicação adoram os fotogénicos, é certo e sabido que vão na cantiga e registam com prontidão aquele momento em que, não se sabe bem porquê, o tal artista olha para a câmara e faz o seu discurso inflamado; fixa o interlocutor e argumenta de dedo em riste! Oportunista, dá a imagem que vende! Faz a perna a quem não escolhe argumentos mas consome palavras ocas! Pormenores de decoração linguística!

Na sombra ficam os que trabalham com honestidade os assuntos, se concentram nos argumentos e procuram ter um pensamento coordenado; os que constroem os alicerces e se preocupam com a solidez do edifício e deixam para último os pormenores da decoração. Esses, não fazem ondas, não são teatrais, por isso não marcam o momento! Resta saber se, ao contrário da fotografia, os espertos oportunistas serão mais tarde recordados! Ou não será também fugaz a sua fama! Não serão leves demais as suas palavras para que dêem frutos.... não enraizam.... não marcam o tempo em que vivem!

Piedade Lalanda

22 de Setembro 2007

publicado por sentirailha às 23:08
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Onde moram os afetos?

. O (des)acórdão

. O furacão anunciado

. Ruby Bridges

. Escárnio e Maledicência

. O género da polémica

. Pobreza e Desigualdade

. Simone Veil

. Igualdade para fazer a di...

. Uma mulher condecorada

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Escárnio e Maledicência

. Açorianidade

.Visitantes

blogs SAPO

.subscrever feeds