Sexta-feira, 25 de Fevereiro de 2011

“Amo-te” em dia de São Valentim

O comércio foi invadido por uma onda de corações, por conta do dia de São Valentim. Pobre do santo! É roupa interior, bonecos de peluche, canecas e outros objectos decorados com corações, alguns com diabinhos e mensagens, supostamente atrevidas, que convidam ao encontro, exageram nas palavras e servem de suporte para dizer: gosto de ti, amo-te, I love you!

Poderá não ser necessário um dia dedicado ao namoro, à paixão e aos apaixonados, mas é evidente que os casais precisam de encontros, intimidade e partilha. Apanhados nas vagas de uma sociedade que absorve o tempo necessário para construir o “nós”, há quem desista da relação a dois, por achar que esta destrói o seu “eu”. Em 2009 foram 789 os divórcios nos Açores, num ano em que se realizaram 1207 casamentos e a taxa de divórcio atingiu 3,2‰, a mais elevada do país.

Talvez não haja uma correlação directa entre falta de comunicação no namoro e risco acrescido de divórcio, mas este quase sempre resulta de um afastamento progressivo no casal. Alguns até namoraram durante muito tempo, anos, mas dão por si a viver como dois estranhos.

Namorar é dar tempo para conhecer e descobrir alguém, com quem é possível antecipar cenários, partilhar dificuldades e pensar nos desafios que se colocam, quando se vive a dois. Namorar, é mais do que manifestações de carinho, nem sempre verdadeiras e superficiais, mas implica revelar fragilidades e aprender a reconhecer o que torna uma pessoa amorável, diferente. Namorar é deixar-se cativar por essa diferença.

Oferecer almofadinhas de peluche ou flores embrulhadas em celofane com corações, são gestos simpáticos, mas que podem mascarar o essencial que constrói um casal. Quem insistir nesse registo cor-de-rosa, muito provavelmente está a perder muitas oportunidades para conhecer a pessoa com quem namora. O mais certo é que será incapaz de permanecer nessa relação, quando confrontado com uma doença, faltas de dinheiro, desentendimentos ou outras dificuldades.

O namoro também é um tempo para se aprender a amar o lado sombra do outro, conhecer e compreender os defeitos da pessoa com quem se namora.

Namorar é aprender a ceder do eu, para construir um par; é descobrir-se como pessoa através da relação a dois; sentir-se feliz por partilhar erros e sucessos do quotidiano com alguém e ser capaz de sonhar um projecto de vida comum. Quando a relação a dois não integra estes ingredientes, o mais certo é falhar e romper, perante uma dificuldade maior. Não será por acaso que um terço dos divórcios acontece nos primeiros cinco anos de casamento e que quase metade acontece antes dos nove anos de vida conjugal.

Se falhar a comunicação sincera e verdadeira no namoro, de que vale dizer “amo-te”, numa almofadinha vermelha ou num peluche sorridente, em dia de São Valentim?

(publicado no Açoriano Oriental, 14 Fevereiro 2011)

tags:
publicado por sentirailha às 11:32
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

.posts recentes

. “Amo-te” em dia de São Va...

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Açorianidade

.Visitantes

blogs SAPO

.subscrever feeds